Buscar
  • Empilhatec

Tipos de combustível para empilhadeiras

Adquirir uma empilhadeira pode transformar as operações logísticas da sua empresa, agilizando o trabalho do dia a dia e oferecendo mais segurança para os colaboradores. Existem diferentes tipos de empilhadeira, cada um mais adequado para determinadas condições de trabalho.


As empilhadeiras à combustão são máquinas bastante robustas e autônomas. Elas também têm uma elevação maior e uma capacidade de carga um pouco acima das outras categorias.


Nesse post, você vai saber quais são os diferentes tipos de combustível para empilhadeiras à combustão e quais são as vantagens e desvantagens de cada um.


Tipos de combustível para empilhadeiras

O produto utilizado para abastecer a empilhadeira pode fazer toda a diferença para o seu desempenho. Veja a seguir quais são os três tipos de combustível para esses equipamentos.


Gasolina

A gasolina é um combustível bastante acessível e que oferece uma boa autonomia para as empilhadeiras. Porém, os equipamentos abastecidos com esse produto são bastante barulhentos e emitem gases poluentes, e por isso são indicados para operações externas.


A grande vantagem das empilhadeiras a gasolina é que o mercado possui uma grande diversidade de acessórios que podem personalizar o equipamento de acordo com o que a empresa necessita. É importante frisar que esses acessórios podem alterar algumas características da ferramenta, como capacidade, autonomia e diâmetro de giro.


Diesel

As empilhadeiras que operam com diesel são as mais poluentes. Com algum tempo de operação, já é possível notar pequenas partículas escuras suspensas no ar. Essas partículas podem ser bem prejudiciais à saúde, portanto esse tipo de equipamento não deve ser utilizado em locais fechados.


Esse tipo de empilhadeira tem grande capacidade de carga e produz muito ruído. No geral, são equipamentos bastante resistentes a diferentes terrenos, sendo ideais para a construção civil e o setor agrícola.


O diesel é um combustível fácil de ser encontrado no mercado e, por isso, ele tem um custo operacional relativamente baixo. Uma grande vantagem é que a manutenção das empilhadeiras a diesel é bem acessível.


GLP

O GLP ou Gás Liquefeito de Petróleo vem da mistura de gases presentes no petróleo ou no gás natural. É um tipo de combustível mais limpo, já que possui baixa emissão de poluentes. Por isso podem ser utilizadas em locais pouco ventilados sem comprometer a saúde dos trabalhadores.


Porém, é importante destacar que, apesar de ser mais silenciosa que as outras empilhadeiras à combustão, o equipamento que funciona com GLP ainda emite bastante ruído, e não é muito indicado para locais próximos ao atendimento ao cliente.


Além de ser mais sustentável, também é o tipo mais acessível de combustível para empilhadeira, especialmente porque o Brasil conta com diversos postos de abastecimento por toda a extensão do território. Ele é um combustível bem mais barato que as outras opções e tem um excelente desempenho. No entanto, as empilhadeiras à base de GLP podem apresentar altos custos de manutenção.


Empilhadeira à combustão ou elétrica: qual escolher?

O tipo de empilhadeira ideal para a sua empresa vai depender muito das suas necessidades do dia a dia. Se você precisa de uma ferramenta mais robusta, para trabalhar ao ar livre e transportar cargas pesadas, as empilhadeiras à combustão podem lhe atender bem.


Mas se você precisa de um equipamento mais silencioso, para trabalhar em ambientes fechados e mais próximos a outras operações na empresa, então as empilhadeiras elétricas são a melhor opção para o seu negócio.

Saiba mais sobre os tipos de empilhadeira para entender melhor.


Segurança das máquinas à combustão

Na hora de escolher uma empilhadeira, considere o tipo de carga que será transportada, o local de movimentação, o tipo de terreno em que o equipamento será operado e as condições de operação e de armazenamento de cada ferramenta.


Vale lembrar que o recomendado é que as empilhadeiras operem com 20% a 30% de capacidade residual. Isso significa que o material transportado deve ser de 20% a 30% mais leve que o limite de peso permitido pelo fabricante. Sempre guarde o manual de instruções para possíveis consultas.


Quanto às normas para o local de operação da empilhadeira, a NR-11 é clara no que diz respeito às máquinas a combustão:


11.1.9 Nos locais fechados ou pouco ventilados, a emissão de gases tóxicos, por máquinas transportadoras, deverá ser controlada para evitar concentrações, no ambiente de trabalho, acima dos limites permissíveis.


11.1.10 Em locais fechados e sem ventilação, é proibida a utilização de máquinas transportadoras, movidas a motores de combustão interna, salvo se providas de dispositivos neutralizadores adequados.


Se você gostou desse conteúdo, confira a importância da troca periódica de peças.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Seguir

Contato

(32) 3223-1011

Endereço

R. Pedro Nava, 125 - Benfica, Juiz de Fora - MG, 36092-061, Brazil

©2020 por EMPILHATEC.